sexta-feira, 29 de abril de 2016

GMN e Semurb averiguam denúncia de invasão de terreno público no Guarapes

Guardas municipais e fiscais ambientais registraram focos de invasão
Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) averiguaram na manhã dessa quinta-feira (28) uma denúncia de invasão de terreno pertencente a prefeitura, situado no bairro Guarapes, na zona Oeste da cidade. As equipes percorreram toda a extensão da área e detectaram focos de invasão que foram fotografadas para análise e planejamento da desocupação.

De acordo com informações fornecidas pela guarnição da GMN que deu segurança a equipe de fiscalização da Semurb, o terreno já havia sido foco de invasão anterior, onde foi formado o antigo Assentamento Natália Alves, que em 2014 teve as famílias retiradas e relocadas pela prefeitura em residências construídas no empreendimento Vivendas do Planalto. Os guardas municipais informaram que o local é de risco, sendo necessário a presença da equipe de segurança para garantir o serviço de fiscalização.

Área fiscalizada é de risco
“Nessa primeira fiscalização foram feitas diversas imagens fotográficas, onde foi de fundamental importância a presença dos operadores de segurança devido o local oferecer alto grau de risco à integridade física dos servidores que realizavam a fiscalização", comentou o guarda municipal Cláudio Orestes.

Os focos de invasão vão ser analisados pela equipe técnica da prefeitura e deverão ser removidos uma vez que a área deve abrigar a construção de um novo empreendimento residencial destinado a famílias carentes da capital.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Agentes mirins de Natal conhecem as 10 zonas de proteção ambiental da cidade

Circuito ambiental possibilita unir as aulas teóricas com a prática
A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) promoveu nessa quarta-feira (27) um circuito ambiental direcionado a aula passeio onde as crianças atendidas pelas ações de cidadania do projeto Agente Mirim Ambiental de Natal (Amana) puderam conhecer as 10 zonas de proteção ambiental situadas em área pertencente a capital. Os 52 agentes mirins participantes do passeio tiveram a oportunidade de ampliar seus conhecimentos com as informações ministradas pela equipe de guardas municipais responsável pelo desenvolvimento do projeto.

Na ocasião, as crianças foram informadas sobre os elementos da fauna e da flora vigente na capital, sendo alertados para alguns mamíferos e aves que estão passíveis de extinção e que necessitam de uma proteção maior por parte da sociedade. Puderam compreender melhor a importância das zonas de proteção ambiental para a qualidade de vida da população, principalmente no tocante a boa condição da água, que se trata de um tema de grande relevância no mundo moderno.

As ZPAs de Natal foram visitadas pelas crianças
Segundo o guarda municipal e coordenador do projeto Amana, Marconi Lucas, as atividades teóricas realizadas com os agentes mirins em sala de aula são fortalecidas com as informações práticas feitas por meio do circuito ambiental. “Essa integração sala de aula e passeio pedagógico ajuda na formação ambiental das crianças matriculadas no Amana, com isso ajudamos a formar cidadãos conscientes, não só dos seus direitos, mas também de seus deveres junto à sociedade”, comentou.
52 agentes mirins participaram da aula passeio
Um ponto levantado pelo comandante da GMN, Michel Dantas, é que o objetivo maior da prefeitura, da Semdes e da Guarda Municipal com os projetos sociais é propor medidas de segurança preventiva dando condições para que crianças carentes se afastem da violência e da criminalidade, propondo a elas focos sadios para suas vidas. “A GMN é uma Guarda cidadã que tem uma atuação importante tanto no trabalho preventivo de segurança como também em ações repressivas, nas quais nos cabe a atuação”, afirmou o comandante.

Durante o circuito ambiental as crianças tiveram ainda a oportunidade de conhecer pontos turísticos, históricos e culturais de Natal, a exemplo do Fortaleza dos Reis Magos e o Farol de Mãe Luiza.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

GMN faz segurança de passeio ciclístico

Passei ciclístico saiu da zona Norte para a zona Sul
Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) fizeram a segurança dos ciclistas participantes do evento Pedal do Amor realizado na última semana na zona Norte da capital. O momento reuniu dezenas de ciclistas que saíram da Área de Lazer do Panatis e seguiram o roteiro do passeio que percorreu a Ponte Velha, Avenida Bernardo Vieira, Avenida Prudente de Morais, Arena das Dunas, BR 101, Viaduto de Ponta Negra, Avenida Ayrton Sena, Cidade Verde e Rota do Sol.


Viaturas da GMN seguiram todo o roteiro acompanhando o movimento de ciclistas que pediram respeito no trânsito e o devido cuidado dos motoristas que devem obedecer o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), principalmente no que diz respeito a distância de segurança 1,5m  do veículo para as bicicletas. “Durante o trajeto foi observado que mesmo com acompanhamento de viaturas os motoristas realmente não respeitam o direito do ciclista e isso tem mudar”, avaliou a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

GMN e Semurb embargam aterramento em área de mangue e apreendem caminhão

Área fica situada na margem do km 06 no bairro de Felipe Camarão
Uma ação conjunta envolvendo a Guarda Municipal do Natal (GMN) e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) possibilitou a apreensão de um caminhão e o embargo de um aterramento ilegal que estava sendo realizado em área de mangue situada as margens do km 06, no bairro de Felipe Camarão, zona Oeste de Natal. No local, os guardas municipais detiveram o motorista do caminhão que foi notificado e autuado pelos fiscais ambientais.

De acordo com a coordenadora do Grupamento de Ação Ambiental da GMN, Francineide Maria, a ação foi fruto de uma denúncia registrada como crime ambiental em terreno pertencente à área de mangue que circunda o Rio Potengi. Ela informou que o trabalho ilegal de aterramento já havia sido iniciado e uma parte do terreno se encontrava preenchido com material de descarga. “É preciso que o cidadão saiba que esse local é área de preservação protegido por lei e qualquer intervenção requer autorização do órgão competente, do contrário será considerado crime ambiental passivo de pena de detenção de um a três anos e multa”, alertou a coordenadora.

No momento da abordagem os guardas municipais evitaram mais uma descarga de material no terreno, já que o caminhão apreendido na ação estava com a caçamba cheia de entulho que iria ser depositado na área. O local faz parte da zona de proteção ambiental 08 que foi criada com o objetivo específico de proteger o ecossistema de manguezal e estuário dos rios Potengi e Jundiaí por serem considerados naturalmente frágeis contra as intervenções humanas. A ZPA 08 tem 2.209,70 hectares e representa 13,11% da superfície territorial da capital potiguar. A área é constituída quase em sua plenitude por manguezal, além de resquícios de mata atlântica.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Homem que agrediu esposa com faca é detido pela GMN no bairro de Cidade Nova

Agentes lotados no Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) prenderam por volta das 23h, dessa quinta-feira (21), um homem identificado como João Ezequiel dos Santos acusado de tentativa de homicídio contra a própria esposa. O suspeito foi detido na Rua Monte Calmo, no bairro de Cidade Nova, de posse de uma faca peixeira apontada como a arma utilizada para desferir golpes na vítima, que foi lesionada no ombro, pescoço e cabeça.

Na ocasião, os guardas municipais circulavam em patrulhamento de rotina no bairro de Cidade Nova quando se deparam no meio da rua com a vítima ferida e sangrando pedindo socorro à guarnição. Diante da situação, os agentes prestaram primeiramente assistência a mulher ferida, que foi conduzida a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) situada no bairro de Cidade da Esperança, onde foi medicada e realizada a sutura dos cortes expostos. “A vítima contou que o marido chegou embriagado em casa e numa discussão banal começou a agredi-la com uma faca”, contou o guarda municipal Magnus Martins.

Logo após a vítima receber o atendimento médico, o fato foi registrado na Delegacia de Plantão Zona Sul e quando a guarnição conduziu a mulher de volta a sua residência se deparou com o agressor que foi contido e preso pelos guardas municipais. A arma indicada pela vítima que serviu como ferramenta de agressão foi apreendida pela guarnição e apresentada juntamente com o acusado na Delegacia de Plantão Zona Sul onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com. 

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Sede da Guarda Municipal na Zona Norte vai receber melhorias estruturais

Secretários da Semdes, Daniel Bandeira, da Semopi, Tomaz Neto, e o comandante da GMN, discutiram sobre a obra de pavimentação
A sede administrativa e operacional da Guarda Municipal do Natal (GMN), localizada na zona Norte da capital, deve passar por melhorias de infraestrutura com a realização da pavimentação completa da área de circulação interna e externa, compreendendo a entrada, estacionamento de veículos e pátio. O encontro para tratar dessa iniciativa reuniu o titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Daniel Bandeira, o gestor da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Tomaz Neto, e o comandante da GMN, Michel Dantas.

Na ocasião, o secretário da Semopi, Tomaz Neto, fez o reconhecimento de toda a extensão que deve receber a pavimentação e ficou de disponibilizar uma equipe composta por engenheiro e topógrafo para fazer uma avaliação do terreno e produzir o projeto necessário para iniciar o trabalho de calçamento. A área onde fica situada a sede do Comando da GMN conta com 8mil/m² de extensão e cerca de 1,2mil/m² de área edificada.

Secretário conheceram também a nova armaria da GMN
O comandante da GMN, Michel Dantas, ressaltou que a pavimentação vai trazer melhores condições para o desenvolvimento das atividades administrativas e operacionais da corporação, citando que com a conclusão da pavimentação as solenidades, a exemplo de formaturas e outras atividades sociais e de instrução realizadas na sede, vão acontecer dentro de uma estrutura mais cômoda para esses tipos de eventos. “Essa melhoria é um sonho antigo da corporação, que agora deve se torna realidade agora”, comemorou.

Outro ponto informado pelo comandante Michel Dantas é que logo após a conclusão da pavimentação o secretário da Semdes, Daniel Bandeira, vai buscar a realização do projeto de arborização da área. “Com o apoio integrado das secretarias municipais vamos reforçar a presença física da Guarda Municipal na zona Norte, a partir da sua sede”, comentou.

Os gestores ainda visitaram a conclusão do novo prédio construído na sede da GMN para abrigar a armaria, local que abriga o material bélico, o armamento menos que letal e os equipamentos de proteção individual utilizados pelos guardas municipais no serviço operacional de segurança pública. A edificação foi construída fazendo uso de moldes de estrutura reforçada, com paredes duplas e a utilização de ferro e concreto em toda a extensão da unidade. O prédio é resultado do apoio integrado da Semdes com a Semopi e de agentes da GMN que contribuíram na construção.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Turma com 36 guardas municipais inicia curso de pistola 380 e espingarda calibre 12

Capacitação conta com 100h, sendo 70% é de atividades práticas
A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) através do comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) iniciou nesta terça-feira (19) o curso de pistola 380 e carabina calibre 12 direcionado aos guardas municipais de Natal. A capacitação teórica vai ser ministrada na sala de Instrução da GMN e a parte prática no estande de tiro do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope).

A abertura da capacitação contou com a presença do titular da Semdes, Daniel Bandeira, e com o comandante da GMN, Michel Dantas. Na oportunidade, foi ministrada uma palestra e realizada a primeira aula teórica do curso que tratou da apresentação da espingarda calibre 12. “O curso é necessário já que a prefeitura realizou a aquisição de 11 pistolas 380 e 12 espingardas calibre 12 o que traz para a corporação maior poder para cumprir sua missão com eficiência”, ressaltou o comandante. 

Instrutor de tiro da GMN, Sousa Filho, é credenciado junto a Polícia Federal
Nessa segunda turma serão qualificados mais 36 guardas municipais e na primeira concluíram a qualificação 33 agentes. O curso conta com 100 horas de aulas, sendo que 70% das instruções serão de atividades práticas. As instruções vão acontecer no período diurno nas terças e quintas-feiras. Com o término da habilitação, os guardas municipais aprovados poderão portar dentro e fora do serviço, além de revólver calibre 38, a pistola 380 e a espingarda calibre 12.

Os guardas municipais inscritos são aqueles que atuam nas unidades móveis da GMN, estando diretamente ligados ao serviço operacional de patrulhamento ostensivo. Os agentes também se encontram aptos em psicoteste e possuem documentação funcional em dia junto ao Setor de Instrução da corporação.

Guardas municipais são os que atuam no serviço operacional de patrulhamento
O subcomandante de Instrução da GMN, Franklin Roosevelt, relatou que o curso tem quase em sua totalidade a aplicabilidade prática do armamento indo desde o manuseio, manutenção e utilização qualificada. “Nesse sentido o trabalho conduzido pelos instrutores busca sempre a simulação do emprego da arma no dia a dia das equipes operacionais da GMN”, comentou.

O curso vai ser conduzido por agente da GMN credenciado como instrutor de tiro junto ao Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte. “Foi uma conquista da corporação que agora dispõe de um instrutor com capacidade técnica referenciada pela Polícia Federal”, concluiu o comandante Michel Dantas.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Paredão de som é apreendido e homem detido por desacato a agente da GMN

Ocorrência se deu no bairro de Felipe Camarão
Agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) apreenderam nesse domingo (17) um equipamento de som veicular e prendeu por desacato um homem identificado como José Maria da Silva, 39 anos. A ocorrência se deu na Rua Nossa Senhora do Rosário, no bairro de Felipe Camarão, zona Oeste de Natal.

De acordo com informações dos guarda municipais responsáveis pela prisão, a viatura da GMN patrulhava área do bairro de Felipe Camarão quando se deparou com um veículo que se encontrava com a mala aberta expondo uma caixa de som em alto volume. Os agentes solicitaram ao proprietário que o equipamento tivesse o volume de som diminuído, já que aquele tipo de prática é considerada ilegal conforme prever a lei municipal 6.246, que contrária a utilização de paredão de som na capital. “Nesse momento o acusado passou a desacatar a equipe e chegou a empurrar um dos nossos agentes”, registrou o GM S.Souza.

O fato foi registrado na Delegacia de Plantão Zona Sul e o acusado vai responder aos procedimentos cabíveis no delito de desacato a autoridade.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Motocicleta utilizada em roubo é apreendida por guarnição da GMN

Motocicleta foi encontrada em terreno baldio nas proximidades do terminal de ônibus do Parque da Dunas, na Zona Norte
Uma motocicleta utilizada como meio de fuga de dois assaltantes que roubaram um salão de beleza foi encontrada na manhã desse domingo (17) por uma guarnição da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (GMN). O veículo estava abandonado em um terreno baldio situado na Avenida Moema Tinoco, próximo ao terminal de ônibus, do bairro Parque das Dunas, na zona Norte de Natal.

De acordo com o guarda municipal Carlos Andrade, a motocicleta apresentava sinais de tentativa de incêndio, já que algumas partes do veículo estavam queimadas. “As informações que coletamos no local é que na fuga os ladrões acabaram abandonando a moto e populares revoltados atearam fogo no veículo, porém a possibilidade da motocicleta pertencer a algum dos bandidos é mínima, já que esse tipo de delito é praticado com uso de veículo roubado”, explicou o guarda municipal.

A motocicleta foi recolhida pela guarnição da GMN que efetivou o registro de apreensão e entrega do veículo na Delegacia de Plantão Zona Norte. Nesse caso, a Polícia Civil vai buscar identificar os verdadeiros proprietários do bem apreendido pelos guardas municipais.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.
  

sábado, 16 de abril de 2016

GMN realiza operação saturação nos bairros de Guarapes e Felipe Camarão

Secretário da Semdes, Daniel Bandeira, participou da reunião que deflagrou a operação
A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) por meio da Guarda Municipal do Natal (GMN) deflagrou na tarde dessa sexta-feira (15) a Operação Saturação que foi realizada nos bairros Guarapes e Felipe Camarão, na zona Oeste da capital. A operação, composta de patrulhamento ostensivo, blitzen e abordagens a ônibus e pessoas, envolveu 33 guardas municipais e oito viaturas operacionais, sendo iniciada às 16h no Guarapes e finalizada às 22h no bairro de Felipe Camarão.

Um efetivo de 33 guardas municipais foi utilizado na operação
A operação resultou na recuperação de um veículo roubado modelo fiat uno e na apreensão de três motocicletas. A ação foi responsável ainda pela abordagem e revista preventiva em cerca de 200 pessoas, 100 motocicletas e condutores foram verificados, e 20 ônibus de transporte público de passageiros que circulam nas localidades foram parados nas blitzen e averiguados pelos guardas municipais.

Guardas municipais abordaram veículos e pessoas nos bairros de Guarapes e Felipe Camarão
O esquema planejado e montado pelo Comando da GMN possibilitou a realização de mais de uma blitz ao mesmo tempo. No caso do bairro Guarapes as guarnições foram deslocadas para entrada do bairro e para a saída que dá acesso ao bairro Planalto, além de viaturas que fizeram rondas nas ruas da comunidade. Em Felipe Camarão foi utilizada a mesma estratégia, com blitz fixada na Rua Santa Cristina e patrulhamento ostensivo em áreas adjacentes.

Oito viaturas foram utilizadas na ação
Na reunião de deflagração da operação, o secretário da Semdes, Daniel Bandeira, se fez presente e falou para tropa mostrando a importância de ações como essa para dar a população não só a sensação de segurança, mas principalmente contribuir preventivamente com as demais forças de segurança pública no intuito de combater delitos e garantir a segurança do cidadão natalense.

Motocicletas apreendidas na operação
O comandante da GMN, Michel Dantas, juntamente com o subcomandante de Segurança, Alberfran Grilo, comandou toda a Operação Saturação, que de acordo com o gestor recebeu apoio e aceitação por parte dos passageiros nos ônibus e da população nas ruas, que parabenizou o serviço operacional de segurança realizado pelos guardas municipais. O comandante fez uma análise geral da ação mostrando que a presença efetiva dos guardas municipais nos dois bairros evitou diversas ocorrências e delitos de serem praticados. “As guarnições estão de parabéns pelo profissionalismo e operacionalidade, que certamente contribuíram com a segurança dos moradores das duas localidades beneficiadas com a operação”, comentou o comandante.

Veículo roubado foi recuperado pela GMN
O plano da Semdes e do Comando da GMN é a realização de novas operações nas próximas semanas contemplando outros bairros da capital. Além dessas ações mais intensas a GMN continua com o trabalho de patrulhamento regular efetivado diariamente pelas suas guarnições operacionais, que durante as últimas semanas foi responsável por varias prisões, entre elas de foragidos do sistema prisional do Rio Grande do Norte.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Integração fortalece a segurança realizada nas escolas pela GMN


A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) vem realizando um trabalho de aproximação e integração da Guarda Municipal do Natal (GMN) com a comunidade escolar no intuito de levar mais segurança para as unidades pedagógicas do município. Por meio da Ronda de Proteção Escolar da GMN, criada em novembro de 2014, os guardas municipais além de realizarem patrulhamento preventivo em áreas escolares, estão também promovendo palestras e mostras dos equipamentos utilizados pelos agentes no serviço diário.

Guardas municipais explicaram sobre equipamentos utilizados no dia a dia
A última ação de integração aconteceu na terça-feira (12) junto aos professores, pais, alunos e servidores do Centro de Educação Infantil Maria das Graças Motta, situado no bairro de Igapó, na zona Norte de Natal. Agentes da Ronda de Proteção Escolar da GMN explicaram sobre o serviço realizado regularmente pelas equipes operacionais e a comunidade teve a oportunidade de manusear e conhecer equipamentos utilizados pelos guardas como colete balístico, pistolas de descarga elétrica, sprays de pimenta, e materiais de proteção individual.

Integração GMN e escola faz parte das ações de segurança na área
A mostra contou com a apresentação e funcionamento do micro-ônibus de videomonitoramentro da GMN, composto de telões para captar imagens de câmeras de segurança e foi explicada a importância dos equipamentos para inibir ações criminosas. As crianças também puderam entrar nas viaturas de patrulhamento e acionar o intermitente conhecendo todo o âmbito interno dos veículos.

Outro ponto importante apresentado à comunidade é o quadro com materiais apreendidos pelos guardas municipais nas escolas e no entorno dessas unidades. O expositor deixa a vista materiais como punhais, facas, bombas, tesouras, estiletes e utensílios utilizados para o consumo de entorpecentes. A orientação é dada no sentido das crianças e jovens evitarem práticas danosas à cidadania e sempre buscarem apoio nos pais, professores e nas guarnições operacionais da GMN.

Materiais apreendidos pelas guarnições também são expostos
De acordo com o coordenador da Ronda de Proteção Escolar da GMN, Bruno Tavares, a aproximação dos guardas municipais com a comunidade escolar reflete em maior participação e integração de todos possibilitando que as ações de segurança dentro e fora das unidades sejam mais eficientes. “Implementamos e estamos cada vez mais fortalecendo um modelo de policiamento comunitário que vem dando certo e inibindo diversos delitos dentro e fora das escolas, como também criando uma rede onde os envolvidos estão motivados para garantir a segurança de todos”, explicou.

A Ronda de Proteção Escolar da GMN trabalha com a missão de promover segurança preventiva para 145 escolas e centros de educação infantil espalhados pelas quatro zonas administrativas de Natal. A Prefeitura criou o Rope por meio de um convênio firmado entre as secretarias municipais de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) e a de Educação (SME) e veio com objetivo de inibir a violência nas escolas e áreas adjacentes a essas unidades.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Guarda municipal reage a roubo e dupla de assaltante é presa no Alecrim

Fábio José foi preso em flagrante
Uma tentativa de assalto à mão armada contra um agente da Guarda Municipal do Natal (GMN) resultou, na noite dessa quinta-feira (14), na prisão da dupla de suspeitos do crime, composta por um menor de 17 anos e um homem identificado como Fábio José dos Santos. A prisão foi efetivada após o guarda municipal reagir à ação dos bandidos e sair em perseguição dos mesmos com apoio de uma viatura de patrulhamento da GMN, que conseguiu deter os criminosos na Avenida Bernardo Vieira, nas proximidades da Avenida 06, no bairro do Alecrim.

De acordo com informações fornecidas pelo subcomandante de Segurança da GMN, Alberfran Grilo, o guarda municipal vítima da tentativa de roubo saiu de uma lanchonete situada na Rua Presidente Mascarenhas, no bairro do Alecrim, e quando caminhava sozinho pela calçada percebeu a aproximação dos assaltantes, que se posicionaram um de cada lado da rua. “Os bandidos gesticularam um para o outro, se aproximaram da vítima e sacaram uma arma, porém o guarda municipal foi mais ágil e já com sua arma em punho deu voz de prisão aos assaltantes que saíram em fuga”, contou.

Utilizando o celular o guarda municipal solicitou apoio da uma viatura da Ronda Ostensiva da GMN (Romu) e partiram em perseguição dos suspeitos, que foram encontrados, abordados e presos sob acusação de roubo. “Quando realizamos a abordagem pessoal visualizamos que o maior de idade portava na verdade um simulacro de arma de fogo, objeto que vem sendo comumente utilizado por assaltantes que realizam pequenos roubos na cidade”, informou.

Somente nesta semana agentes da GMN já detiveram seis suspeitos de roubo e com eles foi encontrado simulacros de arma de fogo, que são peças que imitam os formatos de revólveres e pistolas utilizados comumente para intimidar vítimas de crimes de assalto. Os acusados detidos foram conduzidos a Delegacia de Plantão Zona Sul onde foi registrada a prisão em flagrante.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Suspeitos de assalto são detidos pela GMN no Potengi

Simulacro de pistola foi encontrado com os suspeitos
Agentes lotados na Ronda de Proteção Escolar da Guarda Municipal do Natal (Rope/GMN) detiveram na manhã desta quinta-feira (14) dois suspeitos de assaltos que circulavam nas proximidades da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Potengi, na zona norte da capital. A dupla era composta por um menor de 16 anos e um homem identificado como Flávio Gleisson do Nascimento Tavares, 23 anos, que na oportunidade portava um simulacro de pistola 380.

Os guardas municipais tinham acabado de finalizar o patrulhamento de rotina na área da Escola Municipal Santa Catarina, no mesmo bairro, quando se depararam com os suspeitos que ao identificarem a viatura da GMN demonstraram insegurança e tentaram se evadir. Porém, a guarnição foi ágil e efetuou a abordagem de maneira rápida evitando a fuga dos suspeitos. “Quando realizamos a revista pessoal encontramos com o maior de idade um simulacro de pistola que comumente é utilizado pela bandidagem para intimidar vítimas de assalto”, contou o guarda municipal R. Costa.

Após as veriguações, os guardas municipais identificaram que o suspeito Flávio Gleison já respondia por dois crimes de assalto a mão armada. A acusação apontava para a modalidade denominada de “saidinha de banco”, na qual o bandido visualiza a vítima sacando dinheiro em caixa eletrônico e depois a aborda realizando o roubo. “Também era visível no corpo do suspeito marcas cicatrizadas de perfurações feitas por projéteis de arma de fogo”, comentou o comandante da viatura da GMN, Sidney Jorge.

Como a ocorrência envolvia menor de idade, os guardas municipais conduziram os suspeitos à Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA) onde foi notificado o fato.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Guardas municipais devolvem a natureza 169 pássaros resgatados em feira livre de Natal

Galo de campina foi solto e veio duas vezes ao encontro do guarda municipal
Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (GAAM/GMN), da Semurb e servidores do Ibama realizaram na tarde da sexta-feira (08),a soltura de 169 pássaros que foram resgatados numa operação de combate ao comércio ilegal de aves realizada no mesmo dia na feira do bairro de Parque dos Coqueiros, na zona Norte de Natal. Os pássaros foram soltos numa área de conservação situada nas proximidades do município de Caiçara do Rio dos Ventos.

No total foram resgatadas e devolvidas a natureza 18 espécies de aves, sendo duas delas ameaçadas de extinção devido a ação predatória do homem. Dentre as espécies apreendidas havia graúna, canário da terra, azulão, galo de campina, curió, garibaldi, bigode, caboquinho, sanhaço, sibites, sabiá-laranjeira e outras. Alguns pássaros apresentavam sinais de maus tratos e desidratação e tiveram que passar por uma avaliação clínica e identificação, ficando em quarentena para serem após liberados no seu habitat natural. Um fato curioso relatado pelos guardas municipais foi relacionado a um galo de campina, que após ser libertado voltou duas vezes e pousou na cobertura do agente. “Acreditamos que ele estava habituado com a presença humana, mas logo retomou o fôlego e voou em liberdade”, contou o GM Adriano.

Foram libertadas 18 espécies de pássaros, sendo duas ameaçadas de extinção
A coordenadora do Grupamento de Ação Ambiental da GMN, Francineide Maria, alertou que o tráfico e o comércio ilegal de espécies da fauna silvestre é crime podendo o transgressor ser punido com pena de seis meses a um ano de detenção, além de multa administrativa por crime ambiental de tráfico, que corresponde a R$ 500 por cada ave e se o animal for ameaçado de extinção, o valor sobe para R$ 5mil. “Essa prática é danosa ao meio ambiente e é crime, por isso pedimos que as pessoas não comprem nem vendam animais silvestres, e se tiverem conhecimento desse tipo de crime denunciem”, solicitou.

Guardas municipais foram acompanhados de agentes da Semur e Ibama
De acordo com o Comando da GMN as operações de combate ao comércio ilegal de animais silvestres vai ser continuada e ampliada no âmbito da capital. A intenção é inibir esse tipo de delito principalmente nas feiras livres da cidade, onde é comum encontrar pessoas sem autorização comercializando pássaros. A operação ocorrida na feira livre do bairro do Parque dos Coqueiros resultou ainda na prisão de nove homens acusados de crime ambiental. A ação integrada reuniu agentes da Guarda Municipal, Semurb, Polícia Civil, Semsur e Ibama.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Dois homens são detidos pela GMN portando simulacro de arma de fogo

Suspeitos foram detidos no bairro
de Cidade da Esperança
Agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) tiraram de circulação na tarde do sábado (09) dois homens sendo um menor de idade e outro identificado como Geovane Gonzaga que na oportunidade portavam simulacros de arma de fogo, que geralmente são utilizados para intimidar vítimas de assalto. A prisão aconteceu nas proximidades da lagoa de captação de águas pluviais do bairro de Cidade da Esperança, na zona Oeste da capital.

De acordo com informações repassadas pela guarnição da supervisão da GMN responsável pela prisão, os guardas municipais faziam patrulhamento de rotina no bairro de Cidade da Esperança quando se depararam com os dois elementos suspeitos, que ao identificarem a viatura tentaram se esconder da equipe que realizava a ronda. Nesse sentido, os guardas saíram em perseguição dos suspeitos e conseguiram evitar a fuga. No momento da abordagem foi encontrado um simulacro de arma de fogo. “Eles estavam prontos para praticar assaltos naquela região utilizando o simulacro para forçar as vítimas a entregar o que eles queriam”, informou o subcomandante de Segurança da GMN, Alberfran Grilo.

Os dois suspeitos foram detidos e conduzidos pelos guardas municipais a Delegacia de Plantão Zona Sul onde foi registrada a prisão. Os suspeitos vão responder pelo delito de utilizar arma de brinquedo ou simulacro de arma capaz de atemorizar as pessoas para o fim de cometer crimes e se condenados podem receber detenção de um a dois anos e multa.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Comando da GMN discute implantação da Patrulha Maria da Penha em Natal

Vereadora Júlia Arruda foi recebida pelo comandante da GMN, Michel Dantas
O comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) recebeu na manhã desta sexta-feira (08) a visita da vereadora Júlia Arruda (PDT) para debater a implantação efetiva do projeto de lei que criou na capital a Patrulha Maria da Penha (PMP), que tem o objetivo de garantir medidas protetivas de urgência destinadas as mulheres vítimas de violência doméstica. A iniciativa vai contar com o apoio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) por meio do efetivo operacional da GMN, que vai atuar na proteção das vítimas.

Na oportunidade, a vereadora autora da lei municipal, Júlia Arruda, foi recebida pelo comandante da GMN, Michel Dantas, que se comprometeu em autorizar a elaboração de um projeto operacional contendo as necessidades básicas da corporação para atuar de maneira qualificada na situação e atender as vítimas da melhor forma possível. “Sabemos da importância da Patrulha Maria da Penha e com a contribuição da vereadora no sentido de viabilizar alguns suprimentos vamos designar e capacitar um efetivo para cumprir a missão que a lei determina”, comentou o comandante.

A lei de criação da Patrulha Maria da Penha prevê a utilização de guardas municipais caracterizados com a identificação do projeto. O trabalho vai ser integrado com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, que deve realiza visitas regulares as vítimas orientando sobre seus direitos e promovendo palestras de prevenção, enquanto a GMN vai cumprir com o serviço de segurança preventiva e repressão qualificada de acordo com cada situação.

A vereadora Júlia Arruda aproveitou a visita e conheceu a sede administrativa e operacional da GMN, situada na avenida Rio Doce, na zona Norte de Natal. Também pôde ficar a par do trabalho de segurança realizado pela instituição no âmbito do município, com destaque para os serviços de ronda ostensiva, proteção do meio ambiente e de segurança preventiva por meio dos projetos sociais voltados a crianças e adolescentes carentes.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Operação da Guarda Municipal, Semurb, Semsur e Polícia Civil resgata 169 aves e prende nove homens na Zona Norte

Pássaros foram resgatados em feira livre e em uma residência
Uma operação conjunta envolvendo a Guarda Municipal do Natal (GMN), a Polícia Civil e as secretarias municipais de Meio Ambiente (Semurb) e de Serviços Urbanos (Semsur) resultou na apreensão de 169 pássaros, sendo 107 que estavam sendo comercializados na manhã desta sexta-feira (08) na feira livre do Parque dos Coqueiros e outras 62 aves que estavam em cativeiro numa casa situada no Conjunto Vale Dourado, na zona Norte de Natal. No momento da ação nove homens foram detidos sob acusação de comércio ilegal de aves silvestres.

Nove homens foram detidos na operação
Antes da operação ser deflagrada foi realizada uma investigação por parte do Núcleo de Inteligência (NIT) da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) no sentido de identificar as pessoas que estavam cometendo o delito. Nesse sentido, os guardas municipais do Grupamento de Ação Ambiental da GMN e policiais civis se misturam com os frequentadores da feira livre e conseguiram com a ação deter os nove homens envolvidos no crime. O trabalho de investigação também conseguiu identificar uma casa onde outros 62 pássaros estavam presos em viajantes e gaiolas.

Aves vão ser soltas em área de proteção ambiental e gaiolas serão destruídas
As espécies das aves resgatadas são das mais variadas como azulão, galo de campina, golinha, papa-capim e outros. Os pássaros foram levados para o Ibama e após uma análise das condições físicas serão devolvidos natureza, sendo os mesmo soltos em áreas de preservação ambiental situadas na Grande Natal. Já os nove homens presos foram conduzido à Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema) e vão responder por crime ambiental podendo pegar detenção de seis meses a um ano e multa. Todas as gaiolas e viajantes utilizados para o confinamento dos pássaros devem ser destruídos.

A operação vai ser continuada e outras feiras livres realizadas na capital serão alvos da ação no sentido de evitar o comércio ilegal de aves na capital potiguar.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Em sete dias três foragidos da justiça são capturados pelas guarnições da GMN

Um dos capturados pela GMN foi Wendson de Lima, 25 anos, condenado por roubo e porte de arma de fogo
Somente nos primeiros dias deste mês as ações de patrulhamento ostensivo realizadas pela Guarda Municipal do Natal (GMN) resultaram em três prisões de foragidos do sistema prisional do estado. O último detido pelos guardas municipais foi identificado como Wendson de Lima Dantas, 25 anos, e foi capturado na noite dessa quarta-feira (06), na avenida Princesa Isabel, no bairro de Cidade Alta.

A guarnição da GMN foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para averiguar uma denúncia em que um foragido da justiça se encontrava circulando no centro da cidade. Os guardas municipais se deslocaram para o local de posse de uma fotografia e das características do suspeito para facilitar a identificação. “Quando o procurado visualizou a viatura da GMN ele tentou se evadir do local e se misturar com as pessoas, porém partimos em perseguição e conseguimos abordar e prender o foragido”, comentou o guarda municipal R. Costa.

No momento da prisão, Wendson de Lima tentou enganar os guardas municipais fornecendo um nome falso e negando ser foragido, porém a guarnição apresentou os dados de identificação do suspeito e ele acabou assumindo a identidade verdadeira e informando que estava foragido do sistema prisional há quatro meses. Wendson foi condenado por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com o comandante da GMN, Michel Dantas, o trabalho de segurança pública realizado na capital pela Guarda Municipal vem apontando melhores resultados devido as mudanças realizadas nos últimos dias no sistema de patrulhamento ostensivo, que vem sendo ampliado nos horários de maior movimento de pessoas. “A intenção da Prefeitura, da Semdes e do Comando da GMN é priorizar o trabalho de patrulhamento, levando mais segurança para a cidade e colocando a Guarda Municipal mais próxima do cidadão”, explicou o comandante.

Outras medidas estão sendo planejadas e devem ser empregadas nas próximas semanas pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) e pela GMN no sentido de implantar novas ações regulares de segurança pública em áreas de atuação do município.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.